Sexta, 04 de Dezembro de 2020 17:23
(62) 98592-3093
Brasil Protestos

Morte de homem negro gera protestos pelo país

A morte do soldador João Alberto Silveira, de 40 anos, após ser espancado por seguranças de um Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, gerou diversos protestos nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra.

20/11/2020 21h24 Atualizada há 2 semanas
33
Por: Redação Fonte: CNN Brasil
Manifestantes protestam em Porto Alegre contra morte de homem negro em supermercado | Foto: FERNANDO ALVES/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
Manifestantes protestam em Porto Alegre contra morte de homem negro em supermercado | Foto: FERNANDO ALVES/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

 

A cena, em que os dois homens brancos agridem Silveira, que era negro, no estacionamento do estabelecimento, foi filmada e gerou comoção nas redes sociais.

O ato em São Paulo começou pacífico na Avenida Paulista. O protesto terminou em confusão quando parte do grupo invadiu o Carrefour situado na Rua Pamplona, nos Jardins. Produtos, gôndolas e a fachada foram danificados.

No Rio, um grupo ocupou uma unidade na Barra da Tijuca e exigiu o encerramento das atividades. Após dialogarem com a gerência, o pedido foi acatado.

Em Porto Alegre, manifestantes se juntaram na porta do estabelecimento do ocorrido.

Com cartazes e buzinas, a aglomeração chegou a bloquear o tráfego no entorno da avenida Plínio Brasil Milano, na zona norte da capital gaúcha.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias